O dia dos Namorados

O dia dos Namorados

Valentim foi um bispo, no século III, que lutou contra as ordens do imperador romano Cláudio II, que proibiu o casamento durante as guerras porque acreditava que os solteiros eram melhores combatentes.

O bispo Valentim continuou a celebrar casamentos mesmo havendo proibição, por isso foi condenado à morte. Enquanto estava preso recebeu, de muitos jovens, flores e bilhetes a dizer que acreditavam no amor.

Enquanto estava na prisão, aguardando a execução da sentença de morte, ele apaixonou-se pela filha de um carcereiro e milagrosamente ela começou a ver. Antes de ser executado ele escreveu uma mensagem de adeus à filha do carcereiro e assinou “Seu Namorado” ou “do Seu Valentim”.

O bispo Valentim foi executado num dia 14 de Fevereiro e foi considerado um mártir pela Igreja Católica. No final da Idade Média o conceito de amor foi reformulado e São Valentim passou a estar associado ao amor e ao romantismo.

Também se diz que na Idade Média se acreditava que no dia 14 de Fevereiro era o dia do primeiro acalcamento dos pássaros.

Hoje em dia o dia dos namorados é associado sobretudo à troca de presentes entre casais e muitos aproveitam para ter um jantar melhorado em ambiente agradável.

Para um Dia dos Namorados Especial em 2018, veja as sugestões que temos para si AQUI